Psicotropicus - Centro Brasileiro de Política de Drogas

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

O Mais do Mesmo da Guerra às Drogas

O relatório divulgado pela Junta Internacional de Fiscalização a Entorpecentes (Jife), órgão ligado à Organização das Nações Unidas (ONU), pouco ou nada contribui para elaboração de uma política de drogas mais humana. Além de insistir no modelo proibicionista o documento divulgado na manhã desta terça-feira criticou o governo da Bolívia por abandonar a Convenção Única de Narcóticos, de 1961, ao questionar a criminalização da folha de coca.

Sobre o Brasil, a Jife elogiou a parceria entre a polícia e as forças armadas no combate ao narcotráfico, com alusão direta a ocupação do Complexo do Alemão. Infelizmente a ONU desprezou as denúncias sobre o estado de exceção instituído nessa comunidade e até da declaração do Secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, dizendo que as UPP não vai acabar com o tráfico.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

SOBRE A POLÊMICA A RESPEITO DO FEMINISMO NA MARCHA DA MACONHA POR CAUSA DO CALENDÁRIO COM MULHERES DESPIDAS PARA ARRECADAR FUNDOS PARA PRODUÇÃO DO EVENTO

Thiago Alexandre Moraes escreveu (em seguida, abaixo, reflexões sobre o assunto):

Olá a todas e todos,

Faltam poucos meses para Maio e, no Brasil, várias cidades estão
trabalhando com toda energia para organizar as edições brasileiras da
Marcha da Maconha. De norte ao sul do país, são variadas as experiências,
dinâmicas de funcionamento, opiniões e visões de mundo - ainda assim, a
necessidade de discutir e debater as políticas proibicionistas em torno da
maconha, torna estes vários coletivos em um grande organismo político que
tem tido sucesso em pautar a questão das drogas na sociedade brasileira.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Edward MacRae conta a história da proibição da maconha no Brasil

Quem se dedica a estudar a história da proibição das drogas logo descobre que os motivos que levaram ao proibicionismo foram fundamentalmente sustentados com argumentos racistas e religiosos. Nesta entrevista o antropólogo Edward MacRae conta um pouco sobre o processo de criminalização da maconha no Brasil. Vale a pena assistir até o final!

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Novidade na Indústria da guerra às drogas: cão farejador particular!

A paranoia repressiva alavancada pela guerra às drogas avança para dentro do relacionamento familiar nos Estados Unidos. Por apenas 100 dólares um chefe de família pode contratar um cão farejador que faz uma "geral" na casa em busca drogas escondidas no quarto dos filhos.

A proprietária da empresa Drug Dog Services LLC defende o serviço e garante que autoridade policial não é notificada se alguma substância ilícita for encontrada dentro da casa do cliente. A decisão sobre o que fazer fica com a família.  "Se alguém me liga (pedindo cães farejadores), é porque no fundo já acha que seu filho está usando drogas. E provavelmente está certo."

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Conheça o Incarcerex: a droga para políticos probicionistas!

O vídeo abaixo é uma provocação contra os políticos defensores da guerra às drogas. Nixon dizia com orgulho que não pouparia recursos para construir a quantidade de prisões necessárias para abrigar todos os traficantes e usuários de drogas dos Estados Unidos. Para esse tipo de político a Drug Policy Alliance oferece o Incarcerex.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Reunião sobre Política de Drogas no escritório da Psicotropicus

Prezados,

Estamos organizando uma primeira reunião sobre a situação da política de drogas no Brasil e estratégias de ativismo. Essa reunião vai acontecer no escritório da Psicotropicus e as vagas estão disponíveis para os primeiros dez interessados que entrarem em contato através do e-mail psicotropicus@psicotropicus.org - com assunto: reunião fevereiro.

Você receberá a confirmação da sua vaga em cerca de três dias. Confirmar sua presença é muito importante, pois o espaço não é muito grande e provavelmente haverá muito interesse.

Data: 9 de fevereiro, das 17 as 19:30h
Av General Justo 275-sala 316-B, Castelo, Centro
Rio de Janeiro

As reuniões serão quinzenais e aqueles que não obtiverem vaga nessa primeira ficarão automaticamente numa lista para participar da reunião seguinte - que será em março. Pretendemos ouvir o que todos têm a dizer e falar dos projetos da Psicotropicus. Se houver necessidade, um espaço maior poderá ser providenciado.

Saudações psicotrópicas,
Equipe Psicotropicus

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Primeira Marcha da Maconha de 2012

O primeiro ato público em defesa da legalização da maconha no ano de 2012 foi a Marcha da Maconha do Fórum Social Temático, que aconteceu em Porto Alegre na semana passada.

No ano que o Supremo Tribunal Federal deve julgar a constitucionalidade da criminalização do usuário de drogas o ativismo popular torna-se ainda mais importante e necessário para a mudança na lei!