Psicotropicus - Centro Brasileiro de Política de Drogas

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Parece piada. Mas foi real, trágico, absurdo e revoltante

Por Paulo Mussoi
Aconteceu no fim do ano passado, no estado americano da Flórida – onde as leis contra o porte de drogas ainda são bem duras.
O ator Andrew Grande, de 23 anos, envolveu-se em uma suposta arruaça (aparentemente uma simples discussão entre ele e sua namorada, que terminou em troca de tapas e empurrões) durante a madrugada numa praça de Panama Beach City, no norte do estado. A polícia local foi chamada. Acontece que Andrew estava com um pacote de maconha no bolso. Em pânico pela abordagem que estava prestes a sofrer, Andrew tentou fugir ao mesmo tempo em que engoliu o pacote. Ou melhor, tentou engolir, mas ficou asfixiado com ele. Morreu no meio da rua, nos braços de policiais atônitos, que tentavam imobilizar um homem que só se debatia porque não conseguia respirar e via chegar, aterrorizado, uma das mortes mais ridículas, absurdas, surreais e evitáveis de que já se teve notícia na guerra entre policiais e usuários de drogas. Para engrossar o circo de horrores, toda a cena foi flagrada por uma equipe de TV que gravava um reality show sobre a atuação dos bravos agentes da lei. Mais bizarro, impossível. Como consolo, está o fato de que os policiais foram suspensos e respondem por suspeita de abuso de poder, já que usaram uma pistola elétrica contra Andrew durante a abordagem – o que pode, eventualmente, ter causado a asfixia que levou o rapaz à morte.
Para quem tem estômago para cenas perturbadoras, o link da reportagem no youtube:
Fonte: Blog Sobre Drogas

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Ganja Gourmet – Maconha Medicinal na Bandeja!

Diretamente do Colorado o Hempadão traz a notícia do primeiro restaurante de maconha  inaugurado no mundo. Trata-se de um espaço onde os usuários podem se servir das mais diversas guloseimas canábicas, desde que, evidentemente, o consumidor possua o valioso medical marijuana card.  Sem mais delongas, vale ressaltar somente o mérito da nossa equipe de tradução.
Fonte: Hempadão ( http://hempadao.blogspot.com/ )